fbpx

Texto por Renata Beffa – março de 2020

Como qualquer outro vírus, (COVID-19) tem uma baixa vibração, com uma estrutura fechada de circuito eletromagnético, com uma frequência de ressonância de aproximadamente 5,5 Hz a 14,5 Hz.

Nas faixas mais altas, ele não está ativo e, a partir dos intervalos de 25,5 Hz e superiores, o vírus morre….

Para uma pessoa que vive em altas vibrações, não é mais perigosa do que as infecções respiratórias agudas, pois o corpo de uma pessoa saudável “vibra” nas faixas mais altas. 

Apenas ocasionalmente, por razões diversas, ele deslizará para  vibrações mais baixas.

As razões para isso podem ser vários distúrbios no balanceamento energético, como a fadiga, exaustão emocional, hipotermia, doenças crônicas, tensão nervosa, entre outros.

O vírus na natureza, fora do corpo, não tem resistência.

A ressonância de frequência média da Terra é hoje de 27,4 Hz e, portanto, seria destrutiva para o vírus, mas há lugares onde esta frequência é reduzida, ou seja, áreas geopáticas criadas de forma natural ou artificial … (hospitais, prisões, metrôs e veículos elétricos públicos, shoppings, escritórios, locais para beber etc.) Onde as vibrações caem abaixo de 20 Hz …

PARA BAIXOS HUMANOS DE VIBRAÇÃO, ESTE VÍRUS É PERIGOSO 

Veja a tabela de sentimentos medidos em Hz:

DOR – 0,1 a 2 Hz;

MEDO – 0,2 a 2,2 Hz

RESENTIMENTO – 0,6 a 3,3 Hz

IRRITAÇÃO – de 0,9 a 3,8 Hz;

TRANSTORNO – de 0,6 a 1,9 Hz;

RAIVA – 1,4 Hz;

ORGULHO – 0,8 Hz;

ORGULHO (megalomania) – 3,1 Hz;

ABANDONO – 1,5 Hz;

SUPERIORIDADE – 1,9 Hz;

Agora observe os bons sentimentos:

GENEROSIDADE – 95 Hz;

GRATIDÃO (obrigado) – 45 Hz;

GRATIDÃO DO CORAÇÃO – 140 Hz e mais;

SENTIDO DE UNIDADE COM OUTRAS PESSOAS – 144 Hz e mais;

COMPAIXÃO – 150 Hz e acima (mas a misericórdia é de apenas 3 Hz);

AMOR (mental), isto é, quando uma pessoa entende que o amor é um sentimento bom, brilhante e de grande força, mas ainda não aprendeu a amar com o coração, a vibração – 50 Hz;

O AMOR que uma pessoa sente com o coração em relação a todas as pessoas, sem exceção e a todos os seres vivos – a partir de 150 Hz e mais;

AMOR INCONDICIONAL – 205 Hz e mais.

Ressonância Schumann

Por milênios, a frequência do nosso planeta tem sido de 7,6 Hz. Os físicos a chamam de ressonância Schumann e isso se deve ao choque gerado pelos raios no espaço entre a Terra e a ionosfera, que faz a onda ressonadora.

O homem estava confortável nessas condições, pois a frequência de vibração de seu campo de energia tinha os mesmos parâmetros – 7,6 – 7,8 Hz.

No entanto, a frequência de Schumann começou a aumentar rapidamente.

Seguimos a dinâmica:

Janeiro de 1995 – 7,80 Hz, janeiro de 2000 – 9,30 Hz, janeiro de 2007 – 9,80 Hz, janeiro de 2012 – 11,10 Hz, janeiro de 2013 – 13,74 Hz, janeiro de 2014 – 14,86 Hz fevereiro de 2014 – 14,99 Hz; Março de 2014 – 15,07 Hz; Abril de 2014 – 15,15 Hz.

(Atingimos 170 hz em 2020)

Embora consideremos a situação do ponto de vista científico, torna-se evidente que uma pessoa que não aumente as suas vibrações, em breve poderá deixar o plano terrestre de uma maneira ou de outra, e nem as altas esferas sociais nem o capital acumulado a ajudará

Portanto, não devemos ter medo!

Você pode aumentar as vibrações trabalhando consigo mesmo e estimulando comportamentos de união e amor conscientes.

PS. Qualquer emoção negativa fecha o acesso à consciência.

Renata Beffa é fundadora da Healing House  (frequências de saúde)