fbpx
Tag

vírus

A saúde medida em vibrações – Hertz

Texto por Renata Beffa – março de 2020

Como qualquer outro vírus, (COVID-19) tem uma baixa vibração, com uma estrutura fechada de circuito eletromagnético, com uma frequência de ressonância de aproximadamente 5,5 Hz a 14,5 Hz.

Nas faixas mais altas, ele não está ativo e, a partir dos intervalos de 25,5 Hz e superiores, o vírus morre….

Para uma pessoa que vive em altas vibrações, não é mais perigosa do que as infecções respiratórias agudas, pois o corpo de uma pessoa saudável “vibra” nas faixas mais altas. 

Apenas ocasionalmente, por razões diversas, ele deslizará para  vibrações mais baixas.

As razões para isso podem ser vários distúrbios no balanceamento energético, como a fadiga, exaustão emocional, hipotermia, doenças crônicas, tensão nervosa, entre outros.

O vírus na natureza, fora do corpo, não tem resistência.

A ressonância de frequência média da Terra é hoje de 27,4 Hz e, portanto, seria destrutiva para o vírus, mas há lugares onde esta frequência é reduzida, ou seja, áreas geopáticas criadas de forma natural ou artificial … (hospitais, prisões, metrôs e veículos elétricos públicos, shoppings, escritórios, locais para beber etc.) Onde as vibrações caem abaixo de 20 Hz …

PARA BAIXOS HUMANOS DE VIBRAÇÃO, ESTE VÍRUS É PERIGOSO 

Veja a tabela de sentimentos medidos em Hz:

DOR – 0,1 a 2 Hz;

MEDO – 0,2 a 2,2 Hz

RESENTIMENTO – 0,6 a 3,3 Hz

IRRITAÇÃO – de 0,9 a 3,8 Hz;

TRANSTORNO – de 0,6 a 1,9 Hz;

RAIVA – 1,4 Hz;

ORGULHO – 0,8 Hz;

ORGULHO (megalomania) – 3,1 Hz;

ABANDONO – 1,5 Hz;

SUPERIORIDADE – 1,9 Hz;

Agora observe os bons sentimentos:

GENEROSIDADE – 95 Hz;

GRATIDÃO (obrigado) – 45 Hz;

GRATIDÃO DO CORAÇÃO – 140 Hz e mais;

SENTIDO DE UNIDADE COM OUTRAS PESSOAS – 144 Hz e mais;

COMPAIXÃO – 150 Hz e acima (mas a misericórdia é de apenas 3 Hz);

AMOR (mental), isto é, quando uma pessoa entende que o amor é um sentimento bom, brilhante e de grande força, mas ainda não aprendeu a amar com o coração, a vibração – 50 Hz;

O AMOR que uma pessoa sente com o coração em relação a todas as pessoas, sem exceção e a todos os seres vivos – a partir de 150 Hz e mais;

AMOR INCONDICIONAL – 205 Hz e mais.

Ressonância Schumann

Por milênios, a frequência do nosso planeta tem sido de 7,6 Hz. Os físicos a chamam de ressonância Schumann e isso se deve ao choque gerado pelos raios no espaço entre a Terra e a ionosfera, que faz a onda ressonadora.

O homem estava confortável nessas condições, pois a frequência de vibração de seu campo de energia tinha os mesmos parâmetros – 7,6 – 7,8 Hz.

No entanto, a frequência de Schumann começou a aumentar rapidamente.

Seguimos a dinâmica:

Janeiro de 1995 – 7,80 Hz, janeiro de 2000 – 9,30 Hz, janeiro de 2007 – 9,80 Hz, janeiro de 2012 – 11,10 Hz, janeiro de 2013 – 13,74 Hz, janeiro de 2014 – 14,86 Hz fevereiro de 2014 – 14,99 Hz; Março de 2014 – 15,07 Hz; Abril de 2014 – 15,15 Hz.

(Atingimos 170 hz em 2020)

Embora consideremos a situação do ponto de vista científico, torna-se evidente que uma pessoa que não aumente as suas vibrações, em breve poderá deixar o plano terrestre de uma maneira ou de outra, e nem as altas esferas sociais nem o capital acumulado a ajudará

Portanto, não devemos ter medo!

Você pode aumentar as vibrações trabalhando consigo mesmo e estimulando comportamentos de união e amor conscientes.

PS. Qualquer emoção negativa fecha o acesso à consciência.

Renata Beffa é fundadora da Healing House  (frequências de saúde)


O Ayurveda e a nossa imunidade

A visão do Ayurveda de um corpo forte e saudável está retratada em escrituras muito antigas e que sempre serão sábias referências se quisermos tornar os princípios desta ciência milenar aplicáveis em nossa vida de forma simples e eficaz. 

Para o homem ocidental, que em geral pauta a sua vida por objetivos profissionais, colocando em segundo plano atividades de bem estar (família, amigos, alimentação, exercícios e meditação), passar um tempo descansando, sozinho ou em silêncio, via de regra, tende a produzir sentimento de culpa e a sensação de estar sendo improdutivo, dificultando a compreensão de que, justamente, são nos momentos em que o organismo se sente cansado e sobrecarregado é que se abre a oportunidade para refletir e cocriar novas rotinas, lançar novos objetivos e desafios e equilibrar as áreas da vida, dando um maior valor à preservação da saúde em todos os níveis, por meio da adoção de hábitos mais que recomponham a vitalidade e as defesas do corpo.

Mas como podemos nos fortalecer e ter uma imunidade forte?

Todos nós queremos ser saudáveis e resistentes, ou mesmo imunes, às doenças. Contudo, costumamos esquecer que, antes de mais nada, elas são consequências diretas do nosso estilo de vida, das escolha que fazemos, da nossa alimentação, dos cuidados de higiene, do sono, da nossa relação com o trabalho, com as pessoas, etc. À luz do Ayurveda, somos um complexo de corpos que precisam se manter em harmonia e, para tanto, precisamos perceber e atender nossas reais necessidades, ter consciência de quem somos, da nossa natureza e a relação que precisamos ter com o meio ambiente e tudo o que nos cerca.

O Ayurveda trata a causa raiz dos nossos desequilíbrios. Para esse milenar sistema medicinal, cada indivíduo é único, e contar com um apoio profissional no tratamento de problemas específico é importante para que se consiga empreender o processo de cura e autoconhecimento de forma direcionada e efetiva, resultando no aumento da energia vital e da força imunológica, sem as quais dificilmente manteremos um corpo saudável e apto à realização de mudanças positivas na nossa vida.

Criar estratégias que sejam acessíveis, por meio de recomendações simples e pontuais, é parte de um tratamento, cujo ponto de partida é organização de hábitos e rotinas. O Ayurveda parte do princípio de que o nosso organismo é inteligente, de forma que orientações aparentemente simples, aliadas a práticas terapêuticas adequadas, habilitam nossa própria fisiologia a promover e proteger a nossa saúde.

Ayurveda: o que mais devemos compreender?

De acordo com o Ayurveda, a imunidade forte é, antes de mais nada, o produto de uma boa digestão, que resulta de um funcionamento hepático de qualidade e um sistema endócrino/hormonal equilibrado. A imunidade também está muito ligada a uma substância misteriosa chamada “ojas”, palavra sânscrita que significa “vigor, vitalidade a força da vida em nós”.

No entanto, no corpo, o “ojas” é um aspecto extremamente sutil e de difícil definição, mas que tem íntima relação com a imunidade, não sendo exagero afirmar que sua força determina quais fatores e influências, internas ou externas, podem causar doenças nos indivíduos.

Sendo assim, é necessário termos uma compreensão ainda que panorâmica sobre este aspecto dentro da abordagem ayurvédica e da sua importância para o fortalecimento do sistema imunológico. 

imagem do Curso de Formação AYURVEDA CLÁSSICO 

Ojas – o que é?

Ojas é a essência sutil positiva de kapha – aquela que dá ao corpo força, vigor, vitalidade e imunidade. É a essência, o suprassumo, de todos os tecidos corporais e o produto final da digestão perfeita.

Ojas é o resultado direto da qualidade do agni (poder de digerir e metabolizar), um agni forte produz ojas saudáveis, enquanto um agni prejudicado dificulta a produção e a sua qualidade. Em um contexto mais amplo, ojas também é afetado por traumas passados, escolhas de estilo de vida, níveis de estresse, qualidade de nossos relacionamentos e estado geral de consciência. Ojas é naturalmente rico em soma (a forma mais sutil da matéria), podendo se tornar consciência.

Quando temos um ojas saudável, podemos promover um estado de bem-aventurança. Ele é protegido quando somos capazes de viver o momento presente com consciência pura e desapegada. Por outro lado, ojas poderá diminuir e secar quando nos esforçamos em excesso, estamos estressados, contraídos ou egoístas. Ele também protege o prana, a força vital que anima cada um de nós.

Vivemos um momento singular e muito importante para potencializar os ojas em nosso organismo.

O planejamento de estratégias terapêuticas que protegem os ojas sustentam a saúde ideal em todos os nossos sistemas e são indicadas para serem realizadas a qualquer momento. Todavia, existem momentos em que podemos estar mais vulneráveis, ocasiões em que necessitaremos dar maior atenção a este aspecto, tais como:  

  • Quando estamos acometidos por alguma doença;
  • Estresse excessivo;
  • Mudanças de estações;
  • Períodos de gripes e infecções virais;
  • Períodos de tratamentos rejuvenescedores ou de desintoxicação;
  • Mudanças nas rotinas e hábitos;
  • Acontecimentos novos e importantes na vida, pessoal, profissional, perdas, separações, mudanças, gravidez, maternidade, etc.

Como proteger Ojas e reforçar a imunidade

Quando ojas é afetado, todos os aspectos da nossa vida são também. Algumas recomendações importantes e potentes para promover ojas e, consequentemente, fortalecer a imunidade são as seguintes:

  • Apoie a imunidade com uma dieta personalizada e de qualidade, dando importância a uma digestão saudável, isto é, que aumente agni (o poder de digerir). Retire de sua dieta os estimulantes, como o açúcar refinado e alimentos quimicamente processados, e aprenda combinar alimentos.
  • Respeite o momento das refeições com silêncio e harmonia. Isto também fortalece e promove agni e consequentemente ojas;
  • Inclua o uso de alho na dieta, pois este acorda agni, mantém a temperatura do corpo, dá força aos pulmões e ajuda a destruir e eliminar as toxinas, sendo assim, ajuda o sistema imunológico, eliminando bactérias nocivas e preservando a flora natural;
  • Tenha um sono equilibrado, pois ele é extremamente importante para o sistema imunológico, a privação do sono compromete severamente a imunidade. Existem estudos que, inclusive, associam a sua relação com o aumento o câncer; 
  • Administre e reduza o estresse. O excesso de estresse é extremamente prejudicial para a nossa resposta imune, os hormônios ativados pelo estresse debilitam em muito o sistema imunológico, realocando recursos vitais para garantir nossa sobrevivência imediata.
Respiração, meditação, hábitos saudáveis que são ensinados aqui nos cursos.

Agora, aprenda e conheça novas ferramentas úteis para utilizar em situações e relacionamentos desafiadores.

  • Tenha uma rotina diária organizada com práticas benéficas, de acordo com a sua biotipologia;
  • Tenha regularidade e ritmo nas suas atividades para adaptar a fisiologia do organismo aos novos hábitos. O Ayurveda recomenda uma rotina diária para todos. Como as rotinas diárias ajudam a acalmar o sistema nervoso e a aliviar o estresse, poderão auxiliar na preservação da imunidade. Estabelecer um compromisso com a rotina fornecerá ao sistema nervoso vários pontos de referência tranquilizadores ao longo do dia, acalmando o nosso sistema, criando com o tempo previsibilidade e segurança para estimular o rejuvenescimento e preservar a função imunológica;
  • Pratique atividade física adequada, fazendo exercícios que ajudem a liberar a tensão acumulada, a mover a energia mental e emocional parada e a melhorar a circulação. A atividade física melhora a nossa a digestão e desintoxica o corpo, incentivando a correta eliminação, além de promover um sono reparador. Quando fazemos exercícios inadequados e em excesso também podemos comprometer nosso sistema imunológico. Adote uma caminhada diária de vinte minutos é excelente para todo o nosso sistema;
  • Adote práticas de meditação e tratamentos ayurvédicos. No Ayurveda há uma série de terapias sutis que ajudam a cultivar a consciência, além de limpar os nadis (canais energéticos), digerir ama (toxinas) e aliviar o estresse, melhorando a qualidade de ojas e consequentemente a imunidade do corpo.
  • Pranayama, o prana, a respiração vital, é a essência sutil da força da vida que nos anima, está em todas as células e tecidos de todo o corpo e é transportado e estimulado pela respiração. O prana que absorve restaura a fluidez e a vitalidade dos sutis canais de energia do corpo, libera a tensão acumulada e apoia o sistema nervoso como um todo,  o tempo todo digerindo e eliminando estagnação e ama. Uma ótima indicação, quando o estresse é o principal fator que compromete o sistema imunológico, é o Nadi Shodhana (respiração alternada das narinas).

Yoga

O yoga ajuda a dissipar a tensão, movimenta o prana, limpa a estagnação e incentiva a fluidez nos tecidos, no corpo sutil e nas esferas mentais e emocionais.

Meditação

A meditação tem o poder de reconfigurar o nosso cérebro, nos ajudando a cultivar uma consciência passiva, acalma o sistema nervoso, diminui o estresse estimulando uma resposta mais saudável a situações estressantes.

Quais são as plantas utilizadas no Ayurveda que ajudam o nosso Sistema Imunológico? 

  • Açafrão – fortalece e reforça o sistema imunológico, ajuda a purificar o sangue, fortalece a digestão e elimina toxinas naturais do trato digestivo;
  • Gengibre – estimula o sistema imunológico, acende o fogo digestivo, queima ama, promove a expectoração saudável, limpa o sangue e a linfa, estimula a circulação e a transpiração saudáveis ​​e remove o excesso de toxinas dos pulmões;
  • Limão – tem ação de depurar, desintoxicar e alcalinizar o sangue, fortalecendo o sistema imunológico e circulatório, é considerado um antibiótico e antiviral;
  • Tulsi – esta planta é reverenciada na Índia e normalmente é mantida dentro e fora de casa por possuir propriedades profundamente purificadoras. Tulsi remove o excesso de toxinas dos pulmões e do trato respiratório, promovendo a circulação saudável e a digestão forte, ajuda a manter uma temperatura adequada no corpo.
  • Gargarejos de ervas e spray de garganta – são excelentes para tratar os primeiros sinais de estresse, pois a garganta é um dos locais onde o nosso sistema imunológico pode apresentar características de desequilíbrios como sintoma. As ervas sugeridas são: gengibre, alcaçuz, açafrão, erva-doce, cravo, etc. Estas ervas poderão lubrificar, acalmar, limpar inflamações, melhorar a voz, além de ajudar a fortalecer o sistema imunológico.
  • Chyavanprash – é uma geleia tradicional de ervas ayurvédica, feita à base de frutas de amalaki, sendo uma fórmula de equilíbrio que estimula o agni, ajuda a proteger o corpo contra o estresse e fortalece o sistema imunológico.

As substâncias como o leite, ghee e o mel, funcionam como carreadores no nosso organismo, isto é, veículos transportadores que ajudam a fornecer os princípios ativos das ervas em nossos tecidos.  

O Instituto Atmo Danai tem no Ayurveda a sua principal linha terapêutica  e dispõe de profissionais qualificados, que poderão orientar tratamentos voltados para fortalecer a saúde, além de aulas de yoga, meditação e cursos de formação terapêutica.

Texto escrito por Atmo Danai (diretora, terapeuta corporal, educadora física, mestra em reiki, terapeuta ayurveda)

Reprodução: protegido por direitos autorais – se for compartilhar, por gentileza, citar a fonte.