fbpx
Tag

yoga

O Ayurveda e a nossa imunidade

A visão do Ayurveda de um corpo forte e saudável está retratada em escrituras muito antigas e que sempre serão sábias referências se quisermos tornar os princípios desta ciência milenar aplicáveis em nossa vida de forma simples e eficaz. 

Para o homem ocidental, que em geral pauta a sua vida por objetivos profissionais, colocando em segundo plano atividades de bem estar (família, amigos, alimentação, exercícios e meditação), passar um tempo descansando, sozinho ou em silêncio, via de regra, tende a produzir sentimento de culpa e a sensação de estar sendo improdutivo, dificultando a compreensão de que, justamente, são nos momentos em que o organismo se sente cansado e sobrecarregado é que se abre a oportunidade para refletir e cocriar novas rotinas, lançar novos objetivos e desafios e equilibrar as áreas da vida, dando um maior valor à preservação da saúde em todos os níveis, por meio da adoção de hábitos mais que recomponham a vitalidade e as defesas do corpo.

Mas como podemos nos fortalecer e ter uma imunidade forte?

Todos nós queremos ser saudáveis e resistentes, ou mesmo imunes, às doenças. Contudo, costumamos esquecer que, antes de mais nada, elas são consequências diretas do nosso estilo de vida, das escolha que fazemos, da nossa alimentação, dos cuidados de higiene, do sono, da nossa relação com o trabalho, com as pessoas, etc. À luz do Ayurveda, somos um complexo de corpos que precisam se manter em harmonia e, para tanto, precisamos perceber e atender nossas reais necessidades, ter consciência de quem somos, da nossa natureza e a relação que precisamos ter com o meio ambiente e tudo o que nos cerca.

O Ayurveda trata a causa raiz dos nossos desequilíbrios. Para esse milenar sistema medicinal, cada indivíduo é único, e contar com um apoio profissional no tratamento de problemas específico é importante para que se consiga empreender o processo de cura e autoconhecimento de forma direcionada e efetiva, resultando no aumento da energia vital e da força imunológica, sem as quais dificilmente manteremos um corpo saudável e apto à realização de mudanças positivas na nossa vida.

Criar estratégias que sejam acessíveis, por meio de recomendações simples e pontuais, é parte de um tratamento, cujo ponto de partida é organização de hábitos e rotinas. O Ayurveda parte do princípio de que o nosso organismo é inteligente, de forma que orientações aparentemente simples, aliadas a práticas terapêuticas adequadas, habilitam nossa própria fisiologia a promover e proteger a nossa saúde.

Ayurveda: o que mais devemos compreender?

De acordo com o Ayurveda, a imunidade forte é, antes de mais nada, o produto de uma boa digestão, que resulta de um funcionamento hepático de qualidade e um sistema endócrino/hormonal equilibrado. A imunidade também está muito ligada a uma substância misteriosa chamada “ojas”, palavra sânscrita que significa “vigor, vitalidade a força da vida em nós”.

No entanto, no corpo, o “ojas” é um aspecto extremamente sutil e de difícil definição, mas que tem íntima relação com a imunidade, não sendo exagero afirmar que sua força determina quais fatores e influências, internas ou externas, podem causar doenças nos indivíduos.

Sendo assim, é necessário termos uma compreensão ainda que panorâmica sobre este aspecto dentro da abordagem ayurvédica e da sua importância para o fortalecimento do sistema imunológico. 

imagem do Curso de Formação AYURVEDA CLÁSSICO 

Ojas – o que é?

Ojas é a essência sutil positiva de kapha – aquela que dá ao corpo força, vigor, vitalidade e imunidade. É a essência, o suprassumo, de todos os tecidos corporais e o produto final da digestão perfeita.

Ojas é o resultado direto da qualidade do agni (poder de digerir e metabolizar), um agni forte produz ojas saudáveis, enquanto um agni prejudicado dificulta a produção e a sua qualidade. Em um contexto mais amplo, ojas também é afetado por traumas passados, escolhas de estilo de vida, níveis de estresse, qualidade de nossos relacionamentos e estado geral de consciência. Ojas é naturalmente rico em soma (a forma mais sutil da matéria), podendo se tornar consciência.

Quando temos um ojas saudável, podemos promover um estado de bem-aventurança. Ele é protegido quando somos capazes de viver o momento presente com consciência pura e desapegada. Por outro lado, ojas poderá diminuir e secar quando nos esforçamos em excesso, estamos estressados, contraídos ou egoístas. Ele também protege o prana, a força vital que anima cada um de nós.

Vivemos um momento singular e muito importante para potencializar os ojas em nosso organismo.

O planejamento de estratégias terapêuticas que protegem os ojas sustentam a saúde ideal em todos os nossos sistemas e são indicadas para serem realizadas a qualquer momento. Todavia, existem momentos em que podemos estar mais vulneráveis, ocasiões em que necessitaremos dar maior atenção a este aspecto, tais como:  

  • Quando estamos acometidos por alguma doença;
  • Estresse excessivo;
  • Mudanças de estações;
  • Períodos de gripes e infecções virais;
  • Períodos de tratamentos rejuvenescedores ou de desintoxicação;
  • Mudanças nas rotinas e hábitos;
  • Acontecimentos novos e importantes na vida, pessoal, profissional, perdas, separações, mudanças, gravidez, maternidade, etc.

Como proteger Ojas e reforçar a imunidade

Quando ojas é afetado, todos os aspectos da nossa vida são também. Algumas recomendações importantes e potentes para promover ojas e, consequentemente, fortalecer a imunidade são as seguintes:

  • Apoie a imunidade com uma dieta personalizada e de qualidade, dando importância a uma digestão saudável, isto é, que aumente agni (o poder de digerir). Retire de sua dieta os estimulantes, como o açúcar refinado e alimentos quimicamente processados, e aprenda combinar alimentos.
  • Respeite o momento das refeições com silêncio e harmonia. Isto também fortalece e promove agni e consequentemente ojas;
  • Inclua o uso de alho na dieta, pois este acorda agni, mantém a temperatura do corpo, dá força aos pulmões e ajuda a destruir e eliminar as toxinas, sendo assim, ajuda o sistema imunológico, eliminando bactérias nocivas e preservando a flora natural;
  • Tenha um sono equilibrado, pois ele é extremamente importante para o sistema imunológico, a privação do sono compromete severamente a imunidade. Existem estudos que, inclusive, associam a sua relação com o aumento o câncer; 
  • Administre e reduza o estresse. O excesso de estresse é extremamente prejudicial para a nossa resposta imune, os hormônios ativados pelo estresse debilitam em muito o sistema imunológico, realocando recursos vitais para garantir nossa sobrevivência imediata.
Respiração, meditação, hábitos saudáveis que são ensinados aqui nos cursos.

Agora, aprenda e conheça novas ferramentas úteis para utilizar em situações e relacionamentos desafiadores.

  • Tenha uma rotina diária organizada com práticas benéficas, de acordo com a sua biotipologia;
  • Tenha regularidade e ritmo nas suas atividades para adaptar a fisiologia do organismo aos novos hábitos. O Ayurveda recomenda uma rotina diária para todos. Como as rotinas diárias ajudam a acalmar o sistema nervoso e a aliviar o estresse, poderão auxiliar na preservação da imunidade. Estabelecer um compromisso com a rotina fornecerá ao sistema nervoso vários pontos de referência tranquilizadores ao longo do dia, acalmando o nosso sistema, criando com o tempo previsibilidade e segurança para estimular o rejuvenescimento e preservar a função imunológica;
  • Pratique atividade física adequada, fazendo exercícios que ajudem a liberar a tensão acumulada, a mover a energia mental e emocional parada e a melhorar a circulação. A atividade física melhora a nossa a digestão e desintoxica o corpo, incentivando a correta eliminação, além de promover um sono reparador. Quando fazemos exercícios inadequados e em excesso também podemos comprometer nosso sistema imunológico. Adote uma caminhada diária de vinte minutos é excelente para todo o nosso sistema;
  • Adote práticas de meditação e tratamentos ayurvédicos. No Ayurveda há uma série de terapias sutis que ajudam a cultivar a consciência, além de limpar os nadis (canais energéticos), digerir ama (toxinas) e aliviar o estresse, melhorando a qualidade de ojas e consequentemente a imunidade do corpo.
  • Pranayama, o prana, a respiração vital, é a essência sutil da força da vida que nos anima, está em todas as células e tecidos de todo o corpo e é transportado e estimulado pela respiração. O prana que absorve restaura a fluidez e a vitalidade dos sutis canais de energia do corpo, libera a tensão acumulada e apoia o sistema nervoso como um todo,  o tempo todo digerindo e eliminando estagnação e ama. Uma ótima indicação, quando o estresse é o principal fator que compromete o sistema imunológico, é o Nadi Shodhana (respiração alternada das narinas).

Yoga

O yoga ajuda a dissipar a tensão, movimenta o prana, limpa a estagnação e incentiva a fluidez nos tecidos, no corpo sutil e nas esferas mentais e emocionais.

Meditação

A meditação tem o poder de reconfigurar o nosso cérebro, nos ajudando a cultivar uma consciência passiva, acalma o sistema nervoso, diminui o estresse estimulando uma resposta mais saudável a situações estressantes.

Quais são as plantas utilizadas no Ayurveda que ajudam o nosso Sistema Imunológico? 

  • Açafrão – fortalece e reforça o sistema imunológico, ajuda a purificar o sangue, fortalece a digestão e elimina toxinas naturais do trato digestivo;
  • Gengibre – estimula o sistema imunológico, acende o fogo digestivo, queima ama, promove a expectoração saudável, limpa o sangue e a linfa, estimula a circulação e a transpiração saudáveis ​​e remove o excesso de toxinas dos pulmões;
  • Limão – tem ação de depurar, desintoxicar e alcalinizar o sangue, fortalecendo o sistema imunológico e circulatório, é considerado um antibiótico e antiviral;
  • Tulsi – esta planta é reverenciada na Índia e normalmente é mantida dentro e fora de casa por possuir propriedades profundamente purificadoras. Tulsi remove o excesso de toxinas dos pulmões e do trato respiratório, promovendo a circulação saudável e a digestão forte, ajuda a manter uma temperatura adequada no corpo.
  • Gargarejos de ervas e spray de garganta – são excelentes para tratar os primeiros sinais de estresse, pois a garganta é um dos locais onde o nosso sistema imunológico pode apresentar características de desequilíbrios como sintoma. As ervas sugeridas são: gengibre, alcaçuz, açafrão, erva-doce, cravo, etc. Estas ervas poderão lubrificar, acalmar, limpar inflamações, melhorar a voz, além de ajudar a fortalecer o sistema imunológico.
  • Chyavanprash – é uma geleia tradicional de ervas ayurvédica, feita à base de frutas de amalaki, sendo uma fórmula de equilíbrio que estimula o agni, ajuda a proteger o corpo contra o estresse e fortalece o sistema imunológico.

As substâncias como o leite, ghee e o mel, funcionam como carreadores no nosso organismo, isto é, veículos transportadores que ajudam a fornecer os princípios ativos das ervas em nossos tecidos.  

O Instituto Atmo Danai tem no Ayurveda a sua principal linha terapêutica  e dispõe de profissionais qualificados, que poderão orientar tratamentos voltados para fortalecer a saúde, além de aulas de yoga, meditação e cursos de formação terapêutica.

Texto escrito por Atmo Danai (diretora, terapeuta corporal, educadora física, mestra em reiki, terapeuta ayurveda)

Reprodução: protegido por direitos autorais – se for compartilhar, por gentileza, citar a fonte. 



Aulão de Yogaterapia Hormonal para Mulheres

A Yogaterapia Hormonal é uma técnica natural, holística e rejuvenescedora, desenvolvida para tratar os sintomas provocados pela menopausa e outros desequilíbrios hormonais que atingem mulheres de várias idades. Foi criada pela psicóloga brasileira Dinah Rodrigues, a partir do Hatha Yoga e de estudos sobre menopausa, desenvolvidos desde 2002. Consiste em uma série fixa de ásanas, pranayamas e outros exercícios energéticos, organizados de forma especial para movimentar e ativar as glândulas tireóide, suprarrenais, hipófise e ovários, reequilibrando a produção de hormônios. A série de exercícios da YTH age também prevenindo doenças decorrentes da baixa hormonal a nível físico e energético.

Benefícios
Nível físico: fortalece a musculatura, corrige a postura, aumenta a flexibilidade e a leveza dos movimentos, modela o corpo e fortalece ossos e articulações.

Nível fisiológico: ativa a produção de hormônios, harmoniza o funcionamento do organismo como um todo, trata osteoporose, TPM, colesterol alto e predisposição a distúrbios cardiovasculares; auxilia no emagrecimento e no aumento da libido.

Nível psíquico: combate o estresse, depressão, insônia, enxaqueca e ansiedade.

Nível energético: ativa a energia individual através dos chakras, melhora a absorção e distribuição do prana, revitaliza os órgãos responsáveis pela produção hormonal, promove vitalidade e bem-estar.

 

Precauções
É importante acentuar que a prática da Yogaterapia Hormonal é um tratamento e é contraindicada em casos de debilitação física ou quando não pode ser feita a elevação do nível de estrógeno: casos recentes de câncer de mama, câncer de útero, endometriose avançada, trombose, osteoporose com risco de fratura, transtornos psicóticos, uso de DIU hormonal, período menstrual, gravidez.

 

Sobre a instrutora
Keyane Dias é instrutora formada em Hatha Yoga Vinyasa e praticante em formação do método Iyengar Yoga. Em 2018, estudou Yogaterapia Hormonal para Mulheres com Dinah Rodrigues, criadora da técnica. Iniciou seus estudos sobre o corpo em 2011, através da Capoeira Angola, vivenciando com diferentes mestres e mestras pelo Brasil. É Terapeuta Ayurveda formada pela Escola de Ayurveda, com especialização avançada no centro de estudos do Arya Vaidya Pharmacy, em Coimbatore, Sul da Índia. Atua também como jornalista cultural, dedicada à divulgação dos saberes e culturas tradicionais do Brasil. É poeta e compartilha a escrita como ferramenta de autoconhecimento.

 

PARTICIPE! VAGAS LIMITADAS

Dia: 11 de maio (sábado)
Horário: das 9h às 11h30
Local: Instituto Atmo Danai – Setor Hoteleiro Sul, Quadra 06, Ed. Brasil 21, Bloco C, Sala 903
Vagas: 15
Investimento: R$ 70
Inscrições abertas pelo WhatsApp: (61) 9.8575-8500

 

Retiro de Páscoa – Detox e Autoconhecimento com Aromaterapia e Yôga

Preparamos um retiro durante o feriado de Páscoa, Detox e Autoconhecimento com Aromaterapia e Yôga, dias 19 e 20 de abril. Aproveite para se cuidar, descansar e adquirir conhecimentos para o seu bem-estar, saúde, qualidade de vida, serão dois dias de atividades em um lugar de tranquilidade e rara beleza, no alto do cerrado, Sítio Vale das Flores (Altiplano Leste). Confira a programação e garanta o seu lugar!

RETIRO DE PÁSCOA – Detox e Autoconhecimento com Aromaterapia e Yôga

PROGRAMAÇÃO: 

???? Sexta-feira – 19 de abril 
09h30 (30 minutos)
Expansão da bioenergia através de respiratórios
09h30 (1 hora)
Atividade de purificação das mucosas
– limpeza dos seios nasais
– limpeza do crânio
– limpeza das mucosas dos olhos
– limpeza das mucosas intestinais (seco)

10h30 (1 hora)
história e teoria do yôga

11h30 (1 hora)

prática básica de yôga antigo

12h30 (2 horas)
intervalo para almoço

14h30 – Vivência Aromática (15 minutos)
– O que é Aromaterapia
– O que são óleos essenciais?
– Vias de Excreção
– Óleos para meditação

Intervalo – 15h00 (30 minutos)
– Foco mental
– memória
– ansiedade
– calmantes
– vivência conexão com mestre interior

17h30 – meditação de primeiro grau – teoria e prática (1 hora)

18h30 – jantar

???? Sábado – 20 de abril 

6h00 (1h30)
Prática Introspectiva de Yôga

7h30 (1h30)
Intervalo com café da manhã (sucos e frutas)

9h00 (1 hora)
Potencialize seu dia com alimentação e jejum

10h00 (1h30)
Aplicação de Argiloterapia e óleos essenciais

11h30 (30m)
Limpeza das mucosas a seco

12h00 – intervalo para almoço (2 horas)

14h (30m) – Expansão da Bioenergia através de respiratórios

14h30 (1 hora)- prática de massagem em dupla

15h30 (30m) – descontração guiada com óleos essenciais

16h30 (30m) – intervalo

16h30 (1 hora) – alongamento em dupla

17h30 (30m) – meditação de segundo grau – prática

18h (1 hora) – roda de conversa

19h – finalização

LOCAL: Sítio Vale das Flores (Fotos/Altiplano Leste)

VALOR (POR PESSOA): R$ 480 (à vista); 2x R$ 260

INCLUSO: ATIVIDADES, ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL (VEGETARIANA/VEGANA), HOSPEDAGEM EM QUARTO COMPARTILHADO. VAGAS LIMITADAS!

GARANTA A SUA VAGA pelo WhatsApp: https://goo.gl/JVttMu


 

FACILITADORES:

Maria Elisabeth de Almeida – Professora de Aromaterapia certificada pela Terra Flor. Psicoterapeuta Reencarnacionista (ABPR), e professora parceira do Instituto Atmo Dani (IAD) Reiki nível III, massoterapeuta há mais de 8 anos, utiliza técnicas de descontração, reequilíbrio emocional, físico e energético, técnicas respiratórias pranayamas associados a massagens, massagem Natural uma abordagem ayurvédica, florais, cromoterapia, argiloterapia, cristais e outros.

 

 

 

André Luiz Nunes – praticante de SwáSthya yôga há 8 anos e ministrante de classes de yôga e palestras há 5 anos.

 

 

 

 

 

Chef Carolina Bernardes – Formada em Gastronomia, trabalhou em diversas áreas tais como professora de técnicos especiais em confeitaria ( APAE – DF ) e ex sócia do Bistrô Brasileiríssimo – Beijódromo UnB. Esta empreendedora e Chef conheceu o veganismo em 2013 em uma parceria com o Sítio Vale das Flores. Desde então, apaixonou-se pelo tema e se dedicou a projetos culinários alternativos e opções para intolerantes. Atualmente é Chef no Sítio Vale das Flores, apaixonada por novas possibilidades dedica-se no momento a conhecer e vivenciar a Culinária Ayurvédica.

 

 

 

Conheça o Sítio Vale das Flores: 

Retiro Detox de Carnaval 2019 – corpo, mente e alma

Aproveite o primeiro feriadão do ano para descansar e se cuidar, serão três dias de atividades em um lugar de tranquilidade e rara beleza, no alto do cerrado, Sítio Vale das Flores.

Retiro Detox de Carnaval (Corpo, Mente e Alma): dias 02, 03 e 04 de março de 2019.

PROGRAMAÇÃO (prévia):
???? Sábado 02/03
Início às 15h
– Automassagem (Rejuvenescedora)
– Yoga
– Meditação (despertando sua usina elétrica)
– Sucos, chás e frutas

???? Domingo 03/03
– Meditação com ChiKun
– Vivências com Yoga: (bandhas pressão e auto-massagem em todo o trato intestinal) (Chakra)
– Oficina de Kombucha (com Sidma Kurtz)
– Filme (para o despertar pleno da Abundância em todas as áreas da vida)

???? Segunda 04/03
– Meditação ativa
– Almoço participativo (alimentação saudável)
– Asanas e Pranayamas
???? Encerramento até às 17h

LOCAL: Sítio Vale das Flores (Fotos/Altiplano Leste)

VALOR (POR PESSOA): R$ 480 (a vista); 2x R$ 260; 3x R$ 190 – incluso alimentação/hospedagem.

FAÇA SUA INSCRIÇÃO:

Pré-inscrição Online

ou pelo WhatsApp: https://goo.gl/JVttMu

FACILITADORAS:

Luanda Iida – Educadora Física e desenvolve trabalhos de prevenção e qualidade de vida há 15 anos. Formada em Hatha Yoga Clássico, Terapeuta Core (em formação), desenvolve um trabalho holístico que integra os benefícios da massagem terapêutica, florais da Amazônia e técnicas respiratórias.

Sidma Kurtz – Formada em Psicologia, estuda Aromaterapia e há um ano vem descobrindo o campo das águas curativas universais, os probióticos Kefir e Kombucha. Fez a conexão entre o Kombucha e os óleos essenciais, potencializando os efeitos terapêuticos de ambos.

Chef Carolina Bernardes – Formada em Gastronomia, trabalhou em diversas áreas tais como professora de técnicos especiais em confeitaria ( APAE – DF ) e ex sócia do Bistrô Brasileiríssimo – Beijódromo UnB. Esta empreendedora e Chef conheceu o veganismo em 2013 em uma parceria com o Sítio Vale das Flores. Desde então, apaixonou-se pelo tema e se dedicou a projetos culinários alternativos e opções para intolerantes. Atualmente é Chef no Sítio Vale das Flores, apaixonada por novas possibilidades dedica-se no momento a conhecer e vivenciar a Culinária Ayurvédica.

Apoio: Instituto Atmo Danai / Sítio Vale das Flores

VAGAS LIMITADAS!

 

Conheça o Sítio Vale das Flores: 

Vem aí o Festival Jyotish (Astrologia Védica) 2018

Anualmente realizamos o fechamento do curso de Introdução à Astrologia Védica, ministrado por Adwaita Chandra, com uma grande festa!

O Festival Jyotish 2018 será um dia repleto de atividades, com yoga, música, palestra, Prasada (almoço), Agni Hotra (ritual do fogo), com a presença do convidado Kesava Swami. Além disso, o público poderá receber atendimentos astrológicos e terapêuticos.

Convidamos todos os alunos, parceiros e amigos para o dia 23 de setembro, no Sítio Vale das Flores (Altiplano Leste). Conheça o local no vídeo:

Venham celebrar conosco!!!

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

23 DE SETEMBRO
9h – Aula de Yoga (Aberta ao público)
10h – Início dos atendimentos (mediante pré-agendamento)
12h – Almoço: Prasada Feijoada Vegetariana
14h – Palestra: “Em harmonia com o Cosmos”
16h – Agni Hotra (Ritual do fogo)
Encerramento da Turma de Astrologia Védica, com celebração canto e dança.

Como participar:
Almoço + Palestra
Valor: R$ 120,00 (mediante pagamento antecipado)

Orientações terapêuticas com Kesava Swami

Dias 21, 22 de setembro – Atendimentos:
– QUIROMANCIA
– JYOTISH ASTROLOGIA
– REIKI VÉDICO
Valor: R$ 390,00

festival jyotish 2018Confirme sua presença/reservas para atendimentos c/ Kesava Swami:
eventos.danai@gmail.com
(61) 9.9914-2171 / 9.9661-8274

IAD entrevista Ana Paula Surita: Nutrição

Ana Paula Surita é graduada em Nutrição, pela Universidade Católica de Brasília (2007), e pós-Graduada em Nutrição Clínica Funcional, pela VP Consultoria Nutricional (2009). É instrutora de Yoga com certificação pela Aliança do Yoga (2008). Desde 2008, é também empresária, proprietária e administradora da clínica Bem Estar Espaço Vida, parceria do IAD.

Confira, na entrevista abaixo, dicas e reflexões da Ana sobre a área de Nutrição e suas relações com o Yoga.

IAD: A partir de uma visão holística, como podemos compreender o estudo e a aplicação da Nutrição.

Em se tratando da Nutrição como ciência, o holístico se correlaciona ao fato de que a alimentação não deve ser baseada em contagem de calorias, apenas. Mas, sim, tendo em vista diversos aspectos relativos ao alimento, à natureza e ao corpo humano. Por exemplo, devemos observar a origem desse alimento (se é orgânico ou não); se o alimento é fresco ou conservado e se reage como potencial agressor das células, como quando pode causar alergias e inflamações; se tem poder pró-oxidante; qual o processo de produção desse alimento e o que se utilizou nesse processo (como produtos químicos); e qual impacto ambiental na produção desse alimento. Devemos observar, em paralelo a esses pontos, como está a saúde gástrica, intestinal e tudo que pode influenciar nos processos de digestão, absorção e excreção dos alimentos e nutrientes no indivíduo.

Além do que, o ser humano não se nutre apenas por nutrientes em si, mas, também, pelo que ele assimila em nível mental/intelectual, em nível emocional, físico e vital. Esses aspectos se relacionam entre si na condição da saúde e bem-estar. No nível físico, por exemplo, atividade física, respiração e controle do estresse se somam à alimentação.

IAD: Você é instrututora de Yoga e nutricionista e tem buscado integrar esses dois universos no seu trabalho. Como a Nutrição pode auxiliar o estudo e a prática do Yoga?

Bem, eu diria que a prática de Yoga é capaz de nos proporcionar uma percepção de nossa natureza e das nossas necessidades de maneira muito coerente, o que nos direciona a querer cultivar hábitos que possam fortalecer nossa vitalidade e disposição. Particularmente, eu acredito que nos oferece uma capacidade e vontade de buscar mais equilíbrio, incluindo na alimentação.

Não que exista uma receita universal para todos em igual, acho que cada pessoa pode perceber aquilo que te faz ou não faz bem. A prática de Yoga auxilia para que as escolhas sejam feitas com mais consciência, até mesmo quando a escolha não for tão ideal, pode haver um olhar consciente, num processo de autoconhecimento e auto-observação, dia a dia. Por outro lado, quando praticamos Yoga, que é uma prática que purifica o corpo, que vai nos mostrando o quanto nos sentimos confortáveis em nosso corpo, por meio dos movimentos de força, equilíbrio e flexibilidade, uma alimentação balanceada e que melhore a vitalidade, poderá contribuir nos resultados que a prática pode proporcionar.

IAD: Indo além da alimentação e a partir de uma visão de saúde integral, o que mais nos nutre enquanto seres humanos?
Acredito que o equilíbrio dinâmico da nutrição dos aspectos vital, físico, emocional e mental irá proporcionar plenitude. Quando esses aspectos estão bem equilibrados, surge mais um aspecto, que também podemos perceber, que é a dimensão espiritual, que complementa a nutrição humana.

E digo dinâmico porque a vida é dinâmica, nós estamos em constante transformação e sempre surgem novos aprendizados e desafios, novas necessidades. Por isso, o interessante é estar consciente e atento de como estamos nos sentindo, cada dia, em cada aspecto, para buscar as estratégias de se reequilibrar, de maneira contínua e constante. Isso é viver. A saúde não é literalmente uma dádiva, pois depende de conquista, deve ser cultivada diariamente.

IAD: A alimentação é também um aspecto cultural. Como você vê a nutrição do brasileiro em relação aos nossos alimentos típicos?

Sim, com certeza.  No geral, hoje em dia, com a globalização, até mesmo a população mais carente aderiu muito aos alimentos industrializados, como refrigerantes e biscoitos. Muitas vezes há um excesso de açúcar, gordura hidrogenada, óleos refinados, sal, carboidratos refinados. Isso é muito lamentável e podemos ver pelos dados do Ministério da Saúde que a obesidade e doenças correlacionadas, como diabetes e hipertensão, cresce a cada dia.

Bem, quanto à alimentação típica, depende muito de cada região, que tem suas características bem variadas. No sul, por exemplo, eu considero que há um certo exagero no consumo de carne vermelha; no norte, temos o açaí que é maravilhoso; no nordeste, inhame e cará no café da manhã, o que é bem melhor do que pão, por exemplo. Cada região tem características bem diferentes. Mas, o bom prato de arroz com feijão, com moderação, e tendo uma variedade de vegetais, complementa bem a dieta. Mas vejo que é preciso ter uma dieta variada e colorida dia a dia, só o arroz com feijão e carne pode não ser tão nutritivo em termos de micronutrientes, por exemplo, vitamina C, vitamina A, betacaroteno e vitamina D, elementos essenciais para o metabolismo e equilíbrio geral do organismo. Vejo que muitas vezes a dieta dos brasileiros pode apresentar uma grande quantidade de calorias, mas nem sempre ser rica em vitaminas, minerais, fibras e antioxidantes.

IAD: A má alimentação é um dos grandes causadores dos distúrbios de saúde na vida moderna e urbana? Em que erramos enquanto sociedade?

Acredito que um dos piores fatores relacionados ao meio urbano é o estresse, que debilita muito o organismo, associado à falta de exercício, ao excesso de açúcar, sal, processados com químicos cancerígenos, uso de agrotóxicos que empobrece os solo e, consequentemente, os alimentos que nos envenena, e a poluição ambiental, que nos coloca em contato com metais tóxicos que se acumulam no organismo. Tudo em pró do consumo. Acho que o estresse, a falta de tempo de olhar para nossa natureza interior, a falta de observar que somos todos dependente da natureza, a falta de respeito pela natureza e o consumismo, em conjunto, são grandes causadores dos distúrbios.

IAD: Como a nutrição auxilia desarmonias físicas e emocionais como ansiedade, depressão entre outros?

A nutrição tem a capacidade de oferecer ao corpo os nutrientes capazes de regenerar o tecido cerebral, os nutrientes que fazem as sinapses (conexões neurais), favorecendo a atividade da mente. Pode também equilibrar todas as funções hormonais, o que oscila na presença do estresse da vida moderna. Porém, para o equilíbrio da saúde, em geral, é preciso outros fatores. Acredito que, para buscarmos saúde e qualidade de vida, precisamos nos questionar quanto ao estilo de vida inconsciente, sendo necessário o cultivo de bons hábitos, que acabam por se traduzir em comportamentos disciplinados e conscientes na rotina diária. Esses hábitos envolvem:

  • atitude positiva baseada na amorosidade e empatia nos relacionamentos com pessoas, consigo e com a própria natureza;

  • alimentação equilibrada e condizente com as necessidades humanas, com visão integrada à natureza;

  • atividade física frequente (aquela que você gosta de fazer, para fazer bem);

  • respiração consciente (oxigenação dos tecidos, geração de energia vital);

  • descanso e sono com qualidade;

  • quietude (concentração, atenção direcionada para o interior, meditação)

  • contato com a natureza (incluindo contato com a luz do sol, contemplação do meio ambiente ao ar livre e momentos de laser);

  • controle do estresse físico, mental e emocional (pode envolver todos os elementos acima, além de terapêuticas naturais, como técnicas de massagens, acupuntura e florais);

  • e, para quem se identifica, eu diria de maneira mais objetiva, praticar Ioga, pois esta prática já incorpora pelo menos 4 dos itens acima.

Se utilizamos dessas ferramentas, podemos estar mais presentes em nossos corpos, e isso nos dá condições para observarmos nossas ações e reações perante diversas áreas da vida. Isso amplia nosso olhar de como conduzimos nossa rotina para, então, seguirmos em uma direção positiva, com resultados benéficos, criando um verdadeiro sentido no viver.

IAD: A aplicação de uma boa nutrição requer uma efetiva reeducação alimentar. De forma prática, como podemos nos reeducar e aplicar uma nutrição adequada na vida cotidiana?

Em geral, comer vegetais crus em abundância, alimentação colorida, de preferência orgânica. Incluir, pela manhã, com certa frequência, suco verde. Incluir frutas e castanhas oleagenosas e sementes. Comer até 20h da noite, ou não comer muito perto da hora de ir dormir (pelo menos 2h de digestão). Dê sempre um descanso ao corpo, praticando o “jejum” de 12h, pelo menos, 2x por semana, por exemplo, jantar as 20h e tomar café da manhã às 8h da manhã. Evitar o consumo de açúcar e fritura. Não beber refrigerante. Evitar os alimentos refinados, industrializados e ultraprocessados.

IAD: Por fim, qual o seu entendimento sobre o que é saúde?

Saúde é um estado de vitalidade, disposição, bem-estar, plenitude e bem-aventurança.

IAD: E o que é a cura?

A cura é o reencontro com o equilíbrio nato!

 

CONSULTAS EM NUTRIÇÃO E AULAS DE YOGA

Ana Paula Surita realiza consultas de Nutrição na Bem Estar, espaço parceiro do Instituto Atmo Danai, localizado no Edifício Brasil 21. As aulas de Yoga são ministradas no mesmo espaço, às terças e quintas, das 7h15 às 9h e de 12h15 às 13h30.

Contato: 3039.9091 / bemestar@bemestarvida.com.br